sexta-feira, fevereiro 17, 2017

LOBÃO NA CCJ






Num Senado onde o que menos importa é a obediência à  Constituição e a prática constante da justiça , não se pode  esperar nada melhor do que Edison Lobão na presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Surpresa seria se um senador digno e honrado – será que existe?- estivesse no comando da Comissão. Essa Comissão é essencial para a aprovação de projetos que vão afetar a vida de milhões de brasileiros. E ela que decide sobre  constitucionalidade de cada projeto a ser votado no Senado. E é ela que vai sabatinar o indicado para ministro do STF. Vai ser curioso: um plenário repleto de políticos suspeitos de corrupção,  a questionar um ministro que, em tese, poderá julgá-los no futuro. Mas o atual quadro do STF não mete medo a nenhum deles. Por isso continuam a agir com a desfaçatez de sempre.Enquanto em Curitiba mais de cem processos envolvendo empresários  e ex-políticos foram concluídos,  e os réus condenados, no STF nenhum dos políticos acusados foi ainda incomodado. É por essas e outras que Lobão, cinicamente, não se julga apto a  comandar uma comissão desse porte.

Nenhum comentário: