segunda-feira, julho 21, 2014

SAI A SELEÇÃO, ENTRA A NAÇÃO



O noticiário sobre quem será o substituto de Felipão no comando técnico da Seleção da CBF tem tomado conta da mídia. De uma maneira que, muitas vezes, extrapola o bom senso. Nada contra que se discuta o assunto. Mas, não seria muito mais importante, neste momento, o debate sobre as candidaturas  à Presidência?

Afinal, nos próximos quatro anos, as nossas vidas serão muito mais  afetadas pelas decisões do Planalto do que por qualquer medida que Dunga, ou quem venha  ser escolhido,venha a tomar. O curso da inflação, os rumos da educação, e os caminhos da tributação são infinitamente mais importantes do que os gols de Neymar, e as jogadas de Oscar.

Portanto, a hora é de acompanhar os candidatos, analisá-los, e votar conscientemente, mesmo que para anular o voto, se for o caso. É hora de substituir o interesse pela Seleção pelo interesse pela Nação.
210714

Nenhum comentário: