quarta-feira, abril 16, 2014

SOB O ÓDIO DO PT

SOB O ÓDIO DO PT

Joaquim Barbosa tem sido alvo de sistemáticos ataques dos petistas.  O fato de ter sido o principal responsável pela condenação da quadrilha de mensaleiros que chafurdava os cofres públicos, exacerbou nos militantes e asseclas do PT um ódio quase mortal ao presidente do STF. A imprensa chapa-branca, que tem no jornalista Paulo Henrique Amorim uma de suas fulgurantes estrelas, também não engoliu a prisão de José Dirceu e Cia, não poupando críticas  ao ministro, que passou a ser acusado de arrogante, autoritário, despreparado, e à serviço dos interesses tucanos. Só não conseguiram manchar a sua honra.

O PT possuía, ou ainda possui,  um projeto de perpetuação no poder através da apropriação do Estado brasileiro cujo principal mentor era José Dirceu, e cuja ideia central consiste na lógica de que para se alcançar os fins todos os meios são válidos, inclusive a compra de  políticos com dinheiro público. Como se sabe, o plano foi descoberto e os principais envolvidos indiciados junto ao Supremo. O que não estava previsto nos planos do partido era que um ministro nomeado pelo governo petista – “porque é negro e competente”, segundo Lula – acabasse sendo o responsável pela débâcle do projeto petista.

Agora, o PT investe no contra-ataque. O governo Dilma praticamente concluiu o aparelhamento do STF, iniciado por Lula. Barbosa, mesmo na presidência, encontra-se isolado e suas decisões vão de encontro à dos demais. Tem sido divulgado nas redes sociais que é iminente a sua saída do STF  para aderir  ao  mundo da política partidária. Se será mais útil na política  do que foi na magistratura, só o tempo e os fatos dirão.

160414

Nenhum comentário: