quarta-feira, fevereiro 19, 2014

O ALVO CERTO DAS MANIFESTAÇÕES



O ALVO DAS MANIFESTAÇÕES
O retorno dos protestos em 2014 é anunciado. As mesmas razões que motivaram milhões às ruas em junho passado são o combustível das manifestações previstas para este ano. Serviços públicos deteriorados,  gastos inúteis e desperdício que se avolumam, violência urbana que se agrava, corrupção que se intensifica, e inflação que ameaça perder o controle.

Portanto, motivos não faltam para uma nova jornada de protestos. O que não podemos esquecer é que esse estado de coisas tem responsáveis. Portanto, já não bastam  protestos contra a negligência , os erros e as mazelas que marcam o nosso governo. Sem que eles venham desacompanhados da  responsabilização dos que nos levaram a essa situação,  ou seja, os agentes públicos responsáveis por ele, a começar plea presidente Dilma Rousseff e seu partido.

As manifestações de 2013 foram veementes em relação aos erros, mas condescendentes em relação aos responsáveis. A presidente Dilma foi preservada de tal forma que se sentiu à  vontade para se declarar  solidária com as reivindicações dos manifestantes. Sua popularidade caiu no auge dos protestos, mas em poucos meses  havia subido novamente.

Portanto, que as manifestações previstas evidenciem que  a luta  não é contra as instituições democráticas e republicanas. Não somos contra o Congresso, a Justiça, ou a imprensa. Somos contra políticos e partidos despudorados e corruptos que, no mínimo há onze anos, têm sido mais competentes em administrar   suas próprias carreiras políticas do que em procurar soluções para os graves problemas que assolam o  país. Que as manifestações  de protesto, se vierem, se tornem uma prévia das eleições de 2014. É no processo eleitoral que decidiremos de fato o nosso futuro.
190214

Nenhum comentário: