segunda-feira, novembro 07, 2011

LULA E O SUS

Acusar de preconceituosos os que criticam as atitudes de Lula tem sido  expediente usual dos  áulicos o ex-presidente. Ao fazê-lo, reproduzem o surrado argumento da origem humilde  de Lula, esquecendo-se, propositalmente, que há muito ele deixou de ser o  operário pobre , e hoje faz parte da mesma  " elite" que, por conveniência política, os adeptos do PT não se cansam de criticar.

LULA E O SUS
Na última semana, as redes sociais da internet foram tomadas por manifestações contrárias à internação do ex-presidente Lula num hospital privado, em detrimento do SUS, a fim de  tratar a sua doença. Os manifestantes foram Imediatamente  atacados  pelos defensores do ex presidente, que passaram a adjetivá-los    de preconceituosos , desumanos  e demagogos, por conta de suas criticas ao comportamento de Lula.

Aliás, acusar de preconceituosos os que criticam as atitudes de Lula tem sido  expediente usual dos  áulicos o ex-presidente. Ao fazê-lo, reproduzem o surrado argumento da origem humilde  de Lula, esquecendo-se, propositalmente, que há muito ele deixou de ser o  operário pobre , e hoje faz parte da mesma  " elite" que, por conveniência política, os adeptos do PT não se cansam de criticar.

O fato é que ao longo das últimas décadas, a imagem do metalúrgico pobre foi sendo substituída pela do político bem sucedido na medida em que Lula foi galgando os degraus da ascensão social e política, da liderança sindical   à  presidência da Nação,  passando pela a chefia de um importante partido político.

Sua conta bancária, abastecida  sempre  com recursos públicos aparentemente legítimos  foi crescendo na mesma proporção em que caminhava rumo ao topo da pirâmide social.O ex - metalúrgico é hoje um cidadão de classe média alta, que reside em apartamento de cobertura, se locomove de avião, frequenta os melhores hotéis e restaurantes,  plenamente integrado aos   hábitos e costumes da chamada elite brasileira.

Portanto, as manifestações contra Lula estão carregadas menos de “preconceito” e mais de protesto.  Protesto contra o fato de  Lula ter estado à frente do governo durante quase uma década e pouco  ter feito para melhorar o sistema de saúde , que  se deteriora a cada ano e exige cada vez mais recursos e, sobretudo, melhor gerenciamento.

É  nesse contexto que as manifestações são compreensíveis e oportunas.   Assim, é  uma grande bobagem achar que por causa delas Lula iria deixar o hospital privado  e se internar num hospital público. Mas é correto imaginar que se o SUS tivesse a excelência  do hospital Sírio-Libanês, certamente  a opção de internamento do ex-presidente se daria num outro contexto, e teria sido irrelevante.
071111

2 comentários:

Anônimo disse...

Homens como Lula, carismáticos por demais, geram estes extremismos. Com Brizola aqui no Rio ocorria o mesmo.Ou se ama ou se odeia. No caso do Lula ainda é pior pois envolve preconceito devido às sua origens.A direita não se conforma por ficar 12 anos longe das gordas tetas do dinheiro público. Segundo a canalha , Lula é o culpado. Felizmente, a Dilma vai ser reeleita e serão mais 4 anos sem "grana pública" para a canalha . Pode ser que até 2018 a direita esteja morta de fome.

É isso Aí disse...

Reinaldo Azevedo:O cidadão Luiz Inácio Lula da Silva tem condições de ter o melhor plano de saúde que o dinheiro pode comprar. Não está, entendo, moralmente obrigado a se tratar no SUS. Esse é apenas um dos motivos. Há outros e já os expus aqui. Tentar impedir, no entanto, que as pessoas lhe façam essa cobrança, tachando-as de “agressivas” por isso, e se manifestem segundo a linguagem que o próprio Lula sempre empregou em sua militância, aí, meus caros, estamos diante de uma patrulha asquerosa, antidemocrática.