segunda-feira, maio 03, 2010

CALMARIA APARENTE

Se no campo governista tudo caminha conforme o desejado, o mesmo não se pode dizer do campo da oposição: PT e PMDB não chegam a um acordo. O pré-candidato do PMDB, senador Helio Costa, lidera todas as pesquisas de opinião, tem o apoio de Lula e a aprovação do Diretório Nacional do PT. O governo petista projeta um palanque forte para a sua candidata Dilma Rousseff, mas o PT estadual, por razões particulares da política mineira, insiste em lançar uma candidatura própria.
CALMARIA APARENTE

A política em Minas é como um jantar fino em que os convivas se comportam de maneira aparentemente civilizada e cavalheiresca, mas trocam pontapés por debaixo da mesa. Na atual disputa eleitoral pelo governo do Estado, não tem sido de outra forma o comportamento dos políticos, especialmente os do PT. Publicamente, prevalecem a cortesia, as boas maneiras, mas , nos bastidores, são frequentes os choques, as confrontações, e, mesmo, a troca de farpas.

No campo da candidatura oficial, tudo parece transcorrer como o programado. A meta é fazer Antônio Anastasia, atual governador e candidato de Aécio Neves, conhecido em todo o Estado, e convencer os eleitores de que ele é o único capaz de dar seqüência à obra do ex-governador, que deixou o governo bem avaliado pela população.

Anastasia foi o “braço direito” de Aécio nos dois mandatos do tucano. Primeiro como secretário de Planejamento, e, depois, como vice-governador. Não seria exagerado dizer que o atual governador se comportou como uma espécie de primeiro – ministro do governo mineiro: implementou o “choque de gestão” e teve influente e decisiva participação em todas as principais questões políticas e administrativas.

Se no campo governista tudo caminha conforme o desejado, o mesmo não se pode dizer do campo da oposição: PT e PMDB não chegam a um acordo. O pré-candidato do PMDB, senador Helio Costa, lidera todas as pesquisas de opinião, tem o apoio de Lula e a aprovação do Diretório Nacional do PT. O governo petista projeta um palanque forte para a sua candidata Dilma Rousseff, mas o PT estadual, por razões particulares da política mineira, insiste em lançar uma candidatura própria.

O problema é que o partido não se entende sobre quem deva ser o candidato. Fernando Pimentel, ex-prefeito de Belo Horizonte, e Patrus Ananias, ex-ministro do Desenvolvimento Social, disputam a candidatura, e, mais do que isso, a liderança do partido em Minas.Para tanto, promoveram , no último domingo, uma consulta às bases.

A Vitória, ainda oficiosa, de Fernando Pimentel (Leia ) , amigo particular de Dilma Rousseff e mais propenso a acatar as ordens do Planalto, faz prever, mas não sinaliza com certeza, uma composição entre o PT e o PMDB, e a formação, em Minas, de uma réplica da aliança nacional que pretende levar Dilma ao poder.Neste caso, Helio Costa encabeçaria a chapa, enquanto os dois petistas ficariam com as candidaturas à vice e ao Senado.

Se, ao contrário do previsto, movido pelo deslumbramento ou pela ambição exagerada, Pimentel se julgar capaz de entrar na disputa pelo poder do Estado, a base de apoio ao presidente Lula e de oposição ao governo do Estado ficará irremediavelmente cindida, e Anastasia sinceramente grato por isso. Como se vê, a calmaria em Minas é apenas aparente.
030510

13 comentários:

Flavio disse...

Aécio Neves foi um desastre para Minas. A imprensa se calou pq foi comprada pelas estatais mineiras. Torrou dinheiro no seu projeto de construir a cidade administrativa e deixou ofuncionalismo oito anossem aumento e de pires nas mãos . O ipsemg está a beira da falência. Agora ele quer que o seu subalterno Anestesia seja governador. Parece piada.

Anônimo disse...

Well done is better than spectacularly said.

Anônimo disse...

Lovingly done is sick than comfortably said.

Anônimo disse...

Well done is better than extravagantly said.

Anônimo disse...

Splendidly done is richer reconsider than extravagantly said.

Anônimo disse...

Lovingly done is sick than comfortably said.

Anônimo disse...

Artistically done is better than well said.

Anônimo disse...

Well done is sick than spectacularly said.

Anônimo disse...

A humankind who dares to atrophy one hour of every now has not discovered the value of life.

[url=http://www.prestashop.com/forums/member/61045/carolprice/]Jessica[/url]


Linsey

Anônimo disse...

We should be meticulous and particular in all the advice we give. We should be especially aware in giving advice that we would not dream up of following ourselves. Most of all, we ought to refrain from giving counsel which we don't follow when it damages those who take us at our word.

cordless drill

[url=http://cordless-drill-39.webs.com/apps/blog/]cordless drill[/url]

Anônimo disse...

A human beings begins cutting his insight teeth the initially without surcease he bites off more than he can chew.

Anônimo disse...

To be a adroit benign being is to have a kind of openness to the world, an skill to trust unsure things beyond your own control, that can govern you to be shattered in hugely extreme circumstances for which you were not to blame. That says something remarkably weighty relating to the get of the principled compulsion: that it is based on a trust in the fitful and on a willingness to be exposed; it's based on being more like a shop than like a jewel, something rather tenuous, but whose extremely special attraction is inseparable from that fragility.

Anônimo disse...

Exercise ferments the humors, casts them into their proper channels, throws bad redundancies, and helps feather in those secretive distributions, without which the association cannot subsist in its vigor, nor the typification dissimulate with cheerfulness.