terça-feira, novembro 03, 2009

LULA CRESCE E AGRADECE

Lula soube como nenhum outro aproveitar-se da histórica e absurda desigualdade social existente no Brasil e utiliza-la a seu favor. Desde o início de seu primeiro mandato, ao lançar o artifício denominado “Fome Zero”o petista não tem feito outra coisa que não usar com maestria centenas de palanques para se apresentar como defensor dos fracos, carentes e oprimidos contra a ganância de uma elite branca, rica e desalmada.

LULA CRESCE E AGRADECE

Enquanto Lula e sua turma, afrontando a legislação, promovem uma intempestiva campanha eleitoral com recursos públicos, a oposição se omite e se amedronta. Muitos dizem, e com boa dose de razão, que os oposicionistas temem a popularidade de Lula , e por isso evitam ataques diretos a ele e ao seu governo.

Mas, que oposição é essa que quer alcançar o poder sem delimitar claramente o território que o separa do governo atual? Para muitos observadores, o inegável carisma de Lula somado a sua reconhecida esperteza e acrescido pela maciça propaganda oficial construíram o mito de que o seu governo melhorou a vida do país em todos os setores, sobretudo no social. O que absolutamente não é verdade.

Lula soube como nenhum outro aproveitar-se da histórica e absurda desigualdade social existente no Brasil e utiliza-la a seu favor. Desde o início de seu primeiro mandato, ao lançar o artifício denominado “Fome Zero”o petista não tem feito outra coisa que não usar com maestria centenas de palanques para se apresentar como defensor dos fracos, carentes e oprimidos contra a ganância de uma elite branca, rica e desalmada.Tem dado certo, pelo menos sob o ponto de vista eleitoral. Ao contrário de outros políticos que tentam fazer o mesmo papel, em Lula o personagem fica mais autêntico, pela exclusiva razão de ser o ator, de fato, oriundo das camadas mais pobres.

Diante de tudo isso, a oposição ficou sem discurso. Em 2006, mesmo diante de um candidato enfraquecido pelas seqüelas do escândalo do mensalão, o tucano Geraldo Alckmin foi incapaz de fazer conhecido do eleitorado um projeto consistente para ser confrontado ao populismo demagógico do candidato petista.E foi fragorosamente derrotado.

Agora, Lula tomou as rédeas da campanha, impôs a sua agenda e tenta convencer o eleitorado de que sufragando a inexperiente e inexpressiva Dilma Rousseff, os eleitores estarão de fato dando a ele o terceiro mandato. Do outro lado, os tucanos mergulham num mar de indefinições que vão da própria escolha do candidato à estratégia de campanha.

O virtual candidato tucano, José Serra, disse na semana passada possuir “nervos de aço”, querendo com isso se mostrar imune às pressões que partem tanto de seu adversário no partido, Aécio Neves, quanto de seus aliados do DEM, que desejam uma definição mais rápida da candidatura oposicionista. Os aliados de Serra se defendem das críticas com o argumento de que o tucano lidera as pesquisas, enquanto Dilma não passa de uma ilustre desconhecida. É bom lembrar que nas eleições presidenciais de 1994, Fernando Henrique era também um ilustre desconhecido alguns meses antes de sua histórica vitória.

De qualquer maneira, a continuar o quadro atual, com o governo indo a campo, de forma extemporânea, para promover a sua candidata enquanto a oposição dorme, Lula só tem a crescer e a ganhar. E a agradecer à oposição por isso.
031109

7 comentários:

Anônimo disse...

Quando o Presidente é alcoolatra e analfabeto; quando o Presidente da República dá dinheiro pras ONG e MST confrontar a ordem, as propriedades de pobres coitados e a justiça; quando em vez de combater o crime com o Exército nas fronteiras brasileiras, adquirimos aviões supersônicos e submarinos movida a energia nuclear pelo montante de metade de nossa dívida externo atual e deixamos a bandidagem fazer do Rio de Janeiro uma guerra a la faroeste americano; quando os gestores não consegue fazer o PAC andar e colocamos a culpa no TCU que fiscalizou 0,5 % (isso mesmo: meio por cento do PAC); quando preferimos o pior da esquerda pra governo, quando no resto do mundo não mais existe esquerda comunista; quando uma assaltante e militante de grupo terroristas torna-se candidata a Presidente da República pelo Partido do Governo; é porque o pais chegou ao fundo do posso da hipocrisia, da verdade, dos valores humanos.

Helton disse...

O Governador José Serra vai se candidatar a reeleição. Ele não é bobo a ponto de se lançar numa aventura dessas como candidato à presidencia, depois do amplo arco de alianças que o governo central montou. Aécio será candidato ao senado e após a eleição de Dilma será convidado para ocupar um ministério importante no governo dela, para aí sim, se desligar do PSDB, como fez o Sr. Henrique Meireles, e aí se candidatar à presidente em 2.014.
Desespero para mais 8 anos. Fique frio. Partido sem discurso, sem rumo, sem voto e agora sem candidato é mesmo uma desgraceira.

Expedito disse...

Quero parabenizar o PSDB/DEM pelo servico prestado em favor dos brasileiros ao proteger em desobediencia ao STF e manter no cargo o senador Expedito Junior PSDB-RO, atitude julgada reprovavel por muitos, contudo para mim essa postura torna um enorme servico prestado ao eleitor brasileiro que com certeza sabera muito bem recompenssa-los muito bem ao lhes desferir o devido troco por ocasiao das eleicoes de 2010,

Juliana Paes da Silva Pereira disse...

No RJ, homens armados colocam fogo em ônibus na Av. Brasil!

CADê LULLA E SEUS ALOPRADOS? O QUE ELLES FAZEM COM O NOSSO DINHEIRO?
PÔ! PARA DE TOMAR 51!

Anônimo disse...

mulla-ptóquio aloprado é analfabeto. Tá certo que "nuncantesnessepaiz" havia tido alguém "menas" instruído que o presimente. Mas pra um anarfa, até que ele gasta bem: nunca ninguém gastoa tanto em compras para o Alvorada/Torto e nunca ninguém viajou tanto.
Governar pros PTralhas é mentir.

Anônimo disse...

prejuízo ambiental

Domingo na Folha:

Levantamento aponta que 89% da madeira do Pará vem de área ilegal
Até a atividade madeireira legalizada tem irregularidades em 37% dos casos, informa reportagem da Folha.

Lógico que com o ministro procurando homem em festa de reggae, só pode dá nisso.

nik disse...

Porque Lula critica tanto FHC ?
Quando na Lógica teria que agradecer por ter recebido a faixa presidencial de forma Cortez e educada além de receber um país estável com uma moeda estabilizada.
Se o Plano de estabilidade do Real ainda é ativo e sólido na economia brasileira isso se deve a continuidade do programa do PSDB por parte do governo Lula.
Isso é fato, não adianta os comunistas do PT negarem!!!
Todos os programas do governo de FHC (PSDB) foram copiados, aumentado e seguidos na íntegra no governo Lula.
Na verdade o governo Lula até aumentou em muito como, por exemplo: A corrupção que no governo de FHC era entre uma e outra pessoa, Já no governo Lula é na base da Quadrilha .
Lembram do Chefe de quadrilha do Mensalão o deputado cassado e ex ministro de Lula , José Dirceu ?