sexta-feira, janeiro 16, 2009

BRIGA DE FOICE NO QUINTAL GOVERNISTA

Se Lula não for capaz de promover a ordem no seu quintal de tal forma que entre mortos e feridos todos se salvem, certamente terá os dois anos finais de seu governo recheados por crises, desentendimentos e dificuldades que poderão fazer com que ele perca a condução dos rumos da sua própria sucessão. Sucessão no Senado: todos brigam e ninguém tem razão
BRIGA DE FOICE NO QUINTAL GOVERNISTA

Nada neste mundo é capaz de tirar o sossego dos nossos parlamentares em suas longas e merecidas (?) férias. Nem a crise econômica que ameaça trazer a falência para milhares de empresários e o desemprego para milhões de trabalhadores; nem os desastres climáticos que matam centenas de pessoas e desabrigam outras milhares. Nada, exceto uma eleição. E não se trata de uma eleição qualquer, mas sim da escolha de quem vai presidir o Senado e a Câmara no próximo biênio.

Dada as circunstâncias, é até compreensível, embora não justificável, que os políticos se assanhem dessa maneira. Afinal, além de estar em jogo dois dos quatro cargos mais importantes da República – os outros dois são a Presidência da República e a Presidência do Supremo – as eleições deste ano conferem aos vencedores e aos seus respectivos partidos uma dose de poder não desprezível, num biênio que promete ser marcado por acordos e desacordos em torno da futura sucessão presidencial. É interessante notar que a briga que hora se trava é uma disputa interna na base do governo,entre os seus dois maiores partidos, e não entre governo e oposição, como seria natural, democrático e saudável.

Na Câmara dos Deputados, o consenso entre os governistas foi maior, e a escolha do peemedebista Michel Temer parece estar definitivamente garantida, embora o deputado Ciro Nogueira, membro do chamado baixo clero e afilhado político de Severino Cavalcanti, prometa melar o jogo e repetir o feito do seu padrinho, que, em 2005, conseguiu a presidência, graças à incompetência dos governistas em definir um candidato que unisse a base.

O Senado é mais uma vez a pedra no sapato do Planalto. Segundo o acordo tácito em vigor a sucessão se faria pela alternância entre os dois maiores partidos governistas, o que daria ao PT o direito de ocupar a cadeira presidencial no próximo biênio.O PMDB, provavelmente inflado pelos bons resultados alcançados nas últimas eleições, e pelo desejo de não se limitar a ser um mero coadjuvante nas próximas, resolveu não abrir mão da chance de ter a presidência de ambas as casas do Congresso num momento político tão importante. E partiu para a luta.

O problema do partido é que embora a fome de poder seja ampla, geral e irrestrita, não existe consenso sobre qual seria o candidato capaz de unir o partido.Divididos em várias tendências, a maioria com interesses conflitantes, o partido reflete no microcosmo do Senado a mesma falta de unidade que o caracteriza no cenário nacional. E não é por outro motivo que enquanto o PT apresentava a candidatura de Tião Viana, o PMDB ainda não havia encontrado o seu. No princípio, alguns nomes foram cogitados: Romero Jucá,nome da confiança do Planalto, Pedro Simon e Jarbas Vasconcelos, que teriam o apoio da oposição, além do eterno José Sarney.Este, por sua vez se mostrou intransigente na recusa.

O atual presidente, Garibaldi Alves, que a princípio parecia descartado, se sentiu fortalecido diante da indecisão do partido, e foi à luta, ancorado em pareceres jurídicos que lhe asseguram o direito à reeleição.

Diante do impasse de um partido que deseja o poder, mas é incapaz de definir um nome, a candidatura foi mais uma vez oferecida a José Sarney, desta vez com o aval de Lula.Mas o ex-presidente não quer ser apenas o nome capaz de unir o partido, e sim o nome capaz de representar toda a base governista. De fato, ele não quer ser eleito numa disputa contra Tião Viana; ele quer ser aclamado, o que significaria a desistência do petista.

No atual estágio do imbróglio, somente Lula, usando o seu alegado poder de persuasão, além de todas as armas, lícitas e ilícitas, que o maior cargo da República lhe confere, é capaz de convencer Sarney a aceitar essa tarefa, e demover Tião Viana da idéia de ocupar a cadeira presidencial. Tudo em nome da paz e da unidade nas hostes governistas. Afinal, é muito mais fácil e barato ao Presidente submeter os obedientes e disciplinados petistas do que convencer os insubmissos e heterogêneos peemedebistas,de que agora é a hora e a vez do PT. A não ser a custa de muito dinheiro, suor e lágrimas.

Se Lula não for capaz de promover a ordem no seu quintal de tal forma que entre mortos e feridos todos se salvem, provavelmente terá os dois anos finais de seu governo recheados por crises, desentendimentos e dificuldades que poderão fazer com que ele perca a condução dos rumos da sua própria sucessão.
160109

12 comentários:

Reinaldo disse...

Fernando;
O político brasileiro está acostumado com sujeira eleitoreira..., compra de votos, favorecimento com cargos, contratação de parentes, todos os tipos de falcatruas que conhecemos e nada fazemos para combater..., com essa malfadada eleição da presidência do senado o povo e suas prioridades já passaram para terceiro ou quarto plano, eles lógicamente vão priorizar seus interesses próprios, com barganhas e favorecimentos conveniêntes a eles mesmos..., depois de toda essa malfadada movimentação então eles talvez votem alguma coisa em prol do povo idiota que os elege..., quem sabe um aumento de salario mínimo de R$ 15,00 ou mais alguma bolsa esmola.

Rosena disse...

FernandoEu vejo com muita tristeza essa movimentação para ocupar as presidências da camara e do senado, parece que elesfazem um verdadeiro arrastão, do tudo ou nada, que pena,pq não proceder com uma eleião limpa e às claras, onde o povo tbem pudesse opinar, afinal lá é a casa do povo, ou eu estou errada.

?? disse...

O Presidente da República, como chefe do poder executivo conduz a escolha dos futuros presidentes do Congresso Nacional, isto é que é respeito aos poderes.
Como Presidente querer aliados no comando do legislativo é uma coisa, agora conduzir a escolha em uma eleição que diz respeito exclusivamente ao legislativo, é outra bem diferente.

Anônimo disse...

ENQUANTO ISSO...
SOBRE RATOS E BANDIDOS:

O terrorista é nosso
"Tarso, como se sabe, acaba de considerar perseguido político – e em decorrência, a lhe conceder asilo – o terrorista italiano Cesare Battisti, de 54 anos.
Battisti foi condenado a prisão perpétua em seu país por nada menos que quatro assassinatos, quando liderava um grupo terrorista denominado Proletários Armados pelo Comunismo (PAC).
Nada atenua os seus crimes. O seu país não vivia em regime de exceção, o que, em tese, poderia justificar o recurso à ação armada. Vivia, como ainda vive, em pleno Estado democrático de Direito. Foi julgado, portanto, segundo o processo democrático, e considerado terrorista. Pela Constituição brasileira (artigo 5º, incisos XLIII e XLIV), terrorismo, como a tortura, é definido como “ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado democrático”. É, nesses termos, crime hediondo, “inafiançável e imprescritível”, e “insuscetível de graça ou anistia”. O ministro ignorou, portanto, a Constituição."
O trecho acima faz parte do artigo semanal do jornalista Ruy Fabiano.
ESSES PTRALHAS FACISTAS, CARA-DE-PAU, PRENDERAM DOS PRETOR CUBANOS E ENTREGARAM AO MORIBUNDO FIDEL ASSASSINO, E AGORA PEGARAM UM TERRORISTA ASSASSINO E QUEREM TRANSFORMÁ-LO EM PERSSEGUIDO POLÍTICO. SÃO TÃO ALOPRADO QUE COM ESSAS ASNEIRAS ESQUERDOPATAS AINDA QUERIAM A REVISAM DA ANISTIA BRASILEIRA – QUE MORAL TEM ESSAS RATOS DE ESGOTOS?!!!

Anônimo disse...

ENQUANTO ISSO...
SOBRE RATOS E BANDIDOS:

O terrorista é nosso
"Tarso, como se sabe, acaba de considerar perseguido político – e em decorrência, a lhe conceder asilo – o terrorista italiano Cesare Battisti, de 54 anos.
Battisti foi condenado a prisão perpétua em seu país por nada menos que quatro assassinatos, quando liderava um grupo terrorista denominado Proletários Armados pelo Comunismo (PAC).
Nada atenua os seus crimes. O seu país não vivia em regime de exceção, o que, em tese, poderia justificar o recurso à ação armada. Vivia, como ainda vive, em pleno Estado democrático de Direito. Foi julgado, portanto, segundo o processo democrático, e considerado terrorista. Pela Constituição brasileira (artigo 5º, incisos XLIII e XLIV), terrorismo, como a tortura, é definido como “ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado democrático”. É, nesses termos, crime hediondo, “inafiançável e imprescritível”, e “insuscetível de graça ou anistia”. O ministro ignorou, portanto, a Constituição."
O trecho acima faz parte do artigo semanal do jornalista Ruy Fabiano.
ESSES PTRALHAS FACISTAS, CARA-DE-PAU, PRENDERAM DOS PRETOR CUBANOS E ENTREGARAM AO MORIBUNDO FIDEL ASSASSINO, E AGORA PEGARAM UM TERRORISTA ASSASSINO E QUEREM TRANSFORMÁ-LO EM PERSSEGUIDO POLÍTICO. SÃO TÃO ALOPRADO QUE COM ESSAS ASNEIRAS ESQUERDOPATAS AINDA QUERIAM A REVISAM DA ANISTIA BRASILEIRA – QUE MORAL TEM ESSAS RATOS DE ESGOTOS?!!!

Anônimo disse...

VIÉS???
Aí me manda um leitor o que segue. Respondo em seguida:

Prezado,
Ou você "se faz de Miguel", ou você não entende de nada, mesmo.
"Tarso concedeu refúgio político a Cesare Battisti porque ele era um militante de extrema esquerda."
Nada disso. Tarso concedeu refúgio político porque entendeu que o crime de Battisti foi, antes de mais nada, um crime político. Esse tipo de julgamento não leva em conta a ideologia, cara pálida! É você que está tentando dar um viés ideológico a essa questão!
Publicar Recusar (Anônimo) 18/01/09

Comento
A minha cara é pálida. E a sua? Rubra de vergonha? Sim, como já evidenciei aqui, o truque está justamente aí: Tarso resolveu reformar a decisão da Justiça Italiana, que condenou Battisti por crime comum — afinal, as democracias não admitem que a eliminação do outro seja uma forma de fazer política.

E já que matar não é um modo aceitável de fazer política — ao contrário: é a antipolítica —, matar em nome dela não é um crime político. É só um crime.

Viés ideológico é considerar que quem mata em nome da política é mais nobre do que quem mata para roubar um pedaço de pão ou um navio.

Por Reinaldo Azevedo em seu Blog.

Anônimo disse...

Ratos e bandidos:

ESSES PTRALHAS FACISTAS, CARA-DE-PAUS, PRENDERAM DOIS PRETOS CUBANOS (“POBRES”, mas pobre é pleonasmo em Cuba, se é que me entendem) QUE PEDIAM ASILO E ENTREGARAM AO MORIBUNDO FIDEL ASSASSINO, E AGORA PEGARAM UM TERRORISTA ASSASSINO E QUEREM TRANSFORMÁ-LO EM PERSEGUIDO POLÍTICO. SÃO TÃO ALOPRADOS QUE COM ESSAS ASNEIRAS ESQUERDOPATAS AINDA QUERIAM A REVISAM DA ANISTIA BRASILEIRA – QUE MORAL TEM ESSES RATOS DE ESGOTOS?!!!Afinal alguém pode me mostrar coerência no pensamento Ptralha, ou são erráticos ou são mancos em metade do cérebro? Perguntar não ofende.

Anônimo disse...

Não existe absolutamente nenhum sentimento de ética nesse Ministro da "Justiça" que acolhe um terrorista e assassino e lhe concede asilo político. Já temos assassinos demais; muitos deles usufruem as benesses de uma legislação que favorece a impunidade e todo tipo de bandalheiras. Querem transformar o Brasil em um paraíso de criminosos. É preciso acolher no Brasil a sujeira de outros países? Por que não mandar esse marginal para o seu país, onde ele cumpriria a merecida pena de prisão perpétua? Mas no Brasil tudo é diferente. Como eles são bonzinhos para criminosos!

Anônimo disse...

[url=http://www.kfarbair.com][img]http://www.kfarbair.com/_images/_photos/photo_big8.jpg[/img][/url]

מלון [url=http://www.kfarbair.com]כפר בעיר[/url] - [url=http://www.kfarbair.com/about.html]חדרים[/url] גדולים אנחנו מספקים שירותי אירוח מגוונים כמו כן ישנו במקום שירות חדרים הכולל [url=http://www.kfarbair.com/eng/index.html]אחרוחות רומנטיות[/url] במחירים מפתיעים אשר יוגשו ישירות לחדרכם.

לפרטים אנא גשו לאתר האינטרנט שלנו - [url=http://kfarbair.com]כפר בעיר[/url] [url=http://www.kfarbair.com/contact.html][img]http://www.kfarbair.com/_images/apixel.gif[/img][/url]

Anônimo disse...

Infatuation casinos? experimentation this environmental [url=http://www.realcazinoz.com]casino[/url] exemplar and get up online casino games like slots, blackjack, roulette, baccarat and more at www.realcazinoz.com .
you can also bear substantiate to our nameless [url=http://freecasinogames2010.webs.com]casino[/url] barter something at http://freecasinogames2010.webs.com and thrive onto principal incredibly misled !
another unusual [url=http://www.ttittancasino.com]casino spiele[/url] in the pale of is www.ttittancasino.com , in regain one's health german gamblers, stretch unrestrained online casino bonus.

Anônimo disse...

Acceptance Our Nightfall darkness Prices at www.Pharmashack.com, The Memorable [b][url=http://www.pharmashack.com]Online Chemist's shop [/url][/b] To [url=http://www.pharmashack.com]Buy Viagra[/url] Online ! You Can also Espy Vital Deals When You [url=http://www.pharmashack.com/en/item/cialis.html]Buy Cialis[/url] and When You You [url=http://www.pharmashack.com/en/item/levitra.html]Buy Levitra[/url] Online. We Also Hold a Lowering Generic [url=http://www.pharmashack.com/en/item/phentermine.html]Phentermine[/url] For Your Nutriment ! We Huckster Stigmatize superstar [url=http://www.pharmashack.com/en/item/viagra.html]Viagra[/url] and Also [url=http://www.pharmashack.com/en/item/generic_viagra.html]Generic Viagra[/url] !

Anônimo disse...

[url=http://www.c-medical.biz/]buy cialis[/url] and [url=http://www.medical-250l.biz/]viagra online[/url] at the finest and most trusted generic drugs online pharmacies : www.c-meical.biz and www.medical-250.biz ,
meet our proletariat prices schlep on with of viagra, cialis, levitra and more drugs online.