quinta-feira, abril 03, 2008

2010 É AGORA

O fato é que mais esta rusga entre governo e a oposição evidencia o que muitos já suspeitavam: a campanha eleitoral de 2010 começou em 2008. E muitos estranham que ela tenha começado não por iniciativa da oposição, como seria natural, mas do próprio governo, ou, para ser exato, do próprio Lula.Mas existe uma forte razão para isso: se Lula quer, como muitos suspeitam, um terceiro mandato,quanto mais cedo começar a campanha, melhor para ele.
2010 É AGORA

Que este governo insiste em trilhar o caminho da pouca credibilidade, da ilegalidade e da desmoralização já não é novidade. Por isso, já não surpreende mais atitudes como a que está em curso, em que ele tenta cobrir uma ilegalidade - o uso irregular dos cartões corporativos - com outra ilegalidade - a montagem de um dossiê com as contas de FHC. Pior ainda seria a oposição, deixar se intimidar e entrar no jogo sujo do governo, caminhando juntos para o mesmo lamaçal, o que comprometeria e desmoralizaria a nossa incipiente e claudicante democracia.

Se o governo tem de fato um dossiê que compromete o ex-presidente FHC, a ex-primeira dama e ministros do governo passado, que o entregue ao MP, à Justiça, ao Congresso ou a quem mais de direito, e não o utilize como instrumento de chantagem. Trata-se de um dever. Assim como é dever da oposição atuar de maneira incisiva e decisiva na CPI dos cartões e em todas as frentes, de forma a fazer uma devassa no atual governo, investigando desde o mais subalterno dos funcionários até, e principalmente, o Palácio do Planalto e a própria família do presidente O que não pode, e a opinião pública não aceita, é jogo de cena.

O fato é que mais esta rusga entre governo e a oposição evidencia o que muitos já suspeitavam: a campanha eleitoral de 2010 começou em 2008. E muitos estranham que ela tenha começado não por iniciativa da oposição, como seria natural, mas do próprio governo, ou, para ser exato, do próprio Lula.Mas existe uma forte razão para isso: se Lula quer, como muitos suspeitam, um terceiro mandato,quanto mais cedo começar a campanha, melhor para ele.

O presidente Lula, que jamais desceu do palanque, mesmo depois da posse em 2003, intensificou nos últimos meses a sua presença em comícios que em nada ficam a dever aos comícios de épocas eleitorais. Ancorado nos seus altos índices de popularidade, usando descaradamente a máquina pública, Lula dá a impressão de que se considera acima da lei e de que nada teme. Nos últimos dias, sob o pretexto de inaugurar obras do PAC tem se dedicado com afinco incomum a atacar a oposição, o Congresso, o Poder Judiciário e a enaltecer as próprias obras e sua própria figura, afrontando todas as leis e normas da Constituição e do TSE.A sistemática campanha de desmoralização das instituições tem o claro intuito de dar argumentos à tese do terceiro mandato.

Se por um lado está ficando cada vez mais evidente que Lula começou a pavimentar o caminho para o golpe que lhe garantirá o direito de disputar um terceiro mandato, por outro, não restará à oposição outra alternativa senão deixar de lado a excessiva prudência e agir, de fato, como oposição. Para isso, não pode se furtar a três tarefas essenciais e urgentes: Não deixar cair no esquecimento o escândalo dos cartões corporativos , aprofundando as investigações até as últimas consequências; esclarecer a tentativa de chantagem pela montagem de um suposto dossiê contra FHC;dar um basta na extemporânea campanha eleitoral do presidente Lula e denunciar a sua tentativa de se prolongar no poder depois de 2010. De imediato, é o que se pode fazer. Pelo bem da democracia.
030408



4 comentários:

tOSCANO disse...

Não acho que Lula vá se aventurar nessas águas revoltas. A chance dele se dar mal são muito maiores do que a de um eventual sucesso. Acho mais provável, se algo acontecer, o fim da reeleição e a extensão do mandato. Mas não se deve duvidar de nada, ainda mais quando se trata do congresso… Melhor ficar de olho mesmo! Abraço.

Anônimo disse...

A mídia certamente bateria forte nessa mudança, mas Lula conta com grande aprovação a seu governo. Não parece ser impossível que o presidente tome carona na regra da reeleição ilimitada caso a PEC seja aprovada.

Anônimo disse...

MÃO SANTA PRA PRESIDENTE!
A Dilma é galinha do PAC. E dizem que o Presidengue também é galinha do PAC. Parece que os ratos estão se disarçando...

Comentário:
Senador do PMDB diz que não é machista e manda Lula cacarejar -> Da FolhaNews - 03/04/2008 17h04-Depois de chamar a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) de "galinha cacarejadora" nesta quarta-feira, o senador Mão Santa (PMDB-PI) disse nesta quinta-feira que também que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva gosta de "cacarejar". O senador subiu à tribuna do plenário para se explicar sobre a expressão utilizada para se referir a Dilma, mas acabou usando a mesma classificação para Lula com o objetivo de afastar as críticas de que o seu comentário foi machista. "Bem-humorado, o peemedebista disse que sempre respeitou as mulheres e citou sua própria família para negar que seja machista. "Tenho uma vida dedicada a uma especialização de obstetra e de ginecologia. O senador Heráclito Fortes (DEM-PI) reagiu com ironia ao defender as palavras de Mão Santa. "Em defesa da galinha, o bicho", disse ele.
QUEM ANDA PROSTITUINDO-SE NA CASA CIVIL????Quem fez o dossie???????

Anônimo disse...

O REGIME DOS ALCAGÜETES