quinta-feira, janeiro 03, 2008

ANO NOVO, VIDA VELHA

O governo Lula começa o ano com aumento de impostos. A sociedade nem teve tempo de curtir o fim da CPMF...


ANO NOVO, VIDA VELHA
Ano novo, vida nova? Que nada! Pelo menos no governo de Lula da Silva. Nada no horizonte está a indicar mudanças nos hábitos e nos costumes políticos deste governo.A passagem de ano não serviu para que os atuais donos do poder refletissem sobre os seus erros passados e, a partir daí, se comprometessem a uma mudança de mentalidade e de atitudes. Seria esperar muito que este governo tivesse tal comportamento.

O fim da CPMF mal representou uma chance para que a sociedade respirasse aliviada e o governo, mal começado o ano, nos presenteia com um pacote de aumento de impostos que vai incidir sobre o setor finaceiro, mas cuja conta será paga por toda a população.E vai ser assim, pelo menos enquanto durar o mandato de Lula e a sua crença de que governar significa escorchar a sociedade.

Lula e sua turma acreditam que governar é inchar a máquina pública de apaniguados, é fazer planos mirabolantes que nunca saem do papel, é multiplicar ministérios, secretarias e órgãos públicos inúteis, é adotar uma política financeira que enche os cofres dos banqueiros e esvazia o bolso dos cidadãos , é fazer políticas sociais meramente assistencialistas,é destinar verbas milionárias para o setor de propaganda governamental, enquanto os hospitais públicos padecem com a falta de recursos´Enfim, é percorrer os velhos e conhecidos caminhos da burocracia, do desperdício, da corrupção e da ineficiência.

O governo Lula finge não entender o que todos os setores esclarecidos da sociedade já sabem: nenhuma política social será consistente e efetiva se não for implementada a partir de uma revolução da educação pública que invista na formação acadêmica, profissional e cívica das nossas crianças e jovens.É a única forma de livrar a geração futura -a atual geração já está perdida - da miséria, da marginalidade e da extrema dependência das esmolas governamentais.

Lula e sua turma não querem saber de revoluçãoalguma.Preferem continuar a manipular essa massa amorfa e sem consciência crítica, disposta a aplaudir as bobagens que ele diz em seus discursos , e a dar o seu voto ao líder a cada eleição.
030108

10 comentários:

rosena disse...

Olá Fernando um feliz ano novo Reamente vai ser dificil, com os petralhas no poder. Mas acho que este ano alg vai acontecer para desmascarar este bando o que é ? não sei..é só intuição feminina rs

luiza disse...

Relmente, ano novo,vida velha!Mas quero dizer que espero de 2008, no campo dos assuntos políticos, um pouco menos de mediocridade ("eta" 2007 chinfrim) e algo de criatividade.
O país vive na "banguela" desde os primeiros quatro anos do FHC. O que está funcionando, foi iniciado lá. Desde então, é só baixaria política. Onde estão as idéias? Qual o rumo que o país deve tomar, para não ficar sempre a reboque das oportunidades do momento econômico, geralmente fugaz? Onde estão os homens e mulheres com vocação política e cultura
geral, além de visão de futuro, que deveriam fazer a política "com p maiúsculo"?
Quando todos vão entender, finalmente, que uma grande nação não pode surgir de uma população ignorante, analfabeta, paupérrima, doente, enganada e desassistida?
Quando a EDUCAÇÃO será, ao lado da SAÚDE, a meta de nossos governantes??Enquanto isso, ano novo, vida velha!

Anônimo disse...

Não tem como ser diferente mesmo: ano novo,vida velha, política velha, atitude velha, discurso velho,altas taxas de juros velhas, grandes lucros do bancos velhos.
Vida nova.....hummmm...só se explodir o governo de Lula, todos os políticos...zerar tudo e aí sim, começar de novo...com vida nova.

Anônimo disse...

CRIME CONTRA A HUMANIDADE. CADÊ O CRISTOVAM PRA CONVOCAR NO CONGRESSO????? XADREZ NELLES!

Comentário:
CRIME CONTRA A HUMANIDADE. Comparsas soltos ocupam cargos nos Governo latino americano. Voces viram que o Chavez, Marco Porco Garcia e toda aquela cambada de malucos e esquisitos de estrema esquerda sao cumplices de sequestro que as FARC faria ao garoto Emmanuel, pois foi noticiado agora a noite no Jornal Nacional da Globo que as farc solicitaram o garoto de volta ate o dia 30 de dezembro de 2007 ao homem com quem haviam deixado o garoto ha anos - novas provas parecem confirmar tese de que Emmanuel está livre. A hipótese de Emmanuel, filho de um guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) e da refém Clara Rojas, não estar nas mãos da guerrilha mas sim com os serviços sociais colombianos parece consolidar-se. Segundo o jornal El Tiempo, o homem que disse ser seu parente e que o tentou reclamar confessou que não tem qualquer relação com o menor e que este é "o menino das FARC". A mãe e o irmão de Clara Rojas já fizeram testes de ADN para o confirmar. Os resultados serão conhecidos dentro de dez a 15 dias. Clara Rojas, antiga directora de campanha da franco-colombiana Ingrid Betancourt (sequestrada juntamente com ela há quase seis anos), Emmanuel e a ex-congressista Consuelo González deviam ter sido libertados no final do ano, mas a missão internacional preparada pelo Presidente venezuelano, Hugo Chávez, falhou - o Presidente Álvaro Uribe revelou que a guerrilha recuou porque não tem Emmanuel em sua posse. O menor que se suspeita que será o filho de Clara Rojas terá dado entrada num hospital de San José a 15 de Julho de 2005, num avançado estado de desnutrição, com diarreia, leishmaniose (uma doença infecciosa transmitida por um mosquito) e um braço partido. Calculou-se que Juan David Gómez, o nome com que deu entrada, teria nove ou 11 meses de idade. Desde então recebeu tratamentos médicos e foi transferido para Bogotá, estando actualmente a viver com uma família de acolhimento, à espera de ser adoptado. Segundo o El Tiempo, a hipótese de o menor ser Emmanuel surgiu 72 horas antes de ser divulgada por Uribe. Este foi informado de que haveria semelhanças entre Juan David e o menino nascido em cativeiro e veio depois saber que José Gómez, o homem que entregou o bebé dizendo ser o tio-avô, tentou recuperá-lo agora dizendo que era o pai. Interrogado pela polícia, José Goméz diz agora que não tem qualquer parentesco com o menino e pediu protecção do Estado. Perante as suspeitas, os familiares de Clara Rojas sujeitaram-se a um teste de ADN, cujos resultados serão conhecidos dentro de dez ou 15 dias."Se for o meu sobrinho ficaremos imediatamente com a custódia. E assim, será mais fácil para as FARC libertarem dois reféns e não três", disse Iván Rojas. Depois do plano para a libertação dos reféns ter fracassado no final do ano aguarda-se agora saber quando (e se) haverá nova oportunidade. O comissário para a Paz na Colômbia, Luis Carlos Restrepo, disse ontem que as FARC "enganaram" Chávez. Por seu lado, o secretário-geral da Organização de Estados Americanos, José Miguel Insulza, culpou as FARC pelo fracasso, dizendo que é a guerrilha que ganha com a polémica: "Consegue o que quer, publicidade e dividir as pessoas, como se algum dos Governos fosse culpado."

rubão disse...

Santa ingenuidade de nossa "oposição"! Acreditaram piamente que o governo não trataria de compensar a perda da CPMF com aumento de impostos! Aliás, pelo que me consta, os 40 bilhões que deixarão de ser arrecadados, não ficarão escondidos dentro dos colchões dos contribuintes - será moeda circulante que entrará na ciranda financeira, gerando negócios, impostos e etc... Enquanto isto, nosso ilustre Presidente continua com sua ladainha de sempre, culpando a oposição pelo que não dá certo no seu governo e rasgando-se em autoelogios quando algo funciona bem. Nem parace que veio lá do agreste, cuja população caracteriza-se pela humildade.

Anônimo disse...

Gostaria que o ilustre autor do artigo nos dissesse como será possível a revolução educacional que ele prega com a diminuição dos impostos. Alguma mágica??

nidia disse...

Gente, vamos falar sério!!!!! Lula e seus "seguidores" jogam palavras ao vento em seus discursos pra enganar trouxa, e o pior é que eles conseguem convercer muita gente. É claro como água que o Brasil precisa de uma reforma de macho, em todos os setores mas principalmente na área da política. Precisamos parar com essa farra que existe atualmente. Pra quê precisamos de tantos políticos lá em Brasília. Todos sabemos quanto custa manter um parlamentar com todos os seus aceclas (em torno de 10 milhões/ano), por aí dá pra ver que suprimindo alguns poucos deputados e senadores já teremos o mantante correspondente a CPMF. O governo sabe disso. Eles são apenas sem vergonha mas não são cegos. Então o governo vem com aquela conversa que precisa suprir a perda da arrecadação mas isso é só pra não dar o braço a torcer, só pra fazer com que o povo encare a oposição como um bando de irresponsáveis, que votaram contra a CPMF sem pensar no povo...É apenas uma tentativa de acabar com a oposição. Eu gostei muito do fim da CPMF. Pelo menos a gente se sente um pouco mais digno.
Um abraço Fernando. FELIZ ANO NOVO. É, podemos ser felizes apesar dos absurdos que vemos e ouvimos e somos obrigados a engolir.

nidia disse...

Hum... deixa eu me explicar melhor. Eu calculo que se o nº de "cadeiras" for diminuido pela metade, tanto na esfera federal, como estadual e municipal, a gente não vai perder nada com certeza, pq muitos políticos não nos servem de nada, mesmo pq esses são totalmente despreparados e estão nos cargos com a única intenção de "levar grandes vantagens". Com isso haja dinheiro pra sustentar e saciar a todos. Eles não tem noção administrativa, pensam que o nosso dinheiro dá em árvores e desfrutam dele como se tivessem todo o direito. Então a má administração e o esbanjamento viram um saco sem fundo. Quem já frequentou os bastidores da política sabe do que estou falando. Então se houvesse uma reforma política como é necessária, sobraria muito dinheiro para o governo fazer o que tem que ser feito.

Fernando Soares disse...

Nídia ,
Retribuo os votos de feliz 2008 e concordo que se deva diminuir drasticamente o numero de parlamentares nas casas legislativas o Pais. Vou mais longe. Que se diminua tb o número de ministérios, de secretarias e de órgãos estatais que não servem para nada além de sugar o nosso suado dinheirinho. Mas esperar isto do governo Lula é sonhar com o impossível. Não acha?

nidia disse...

Também acho Fernando. Eles são iguais aos outros políticos. Todos farinha do mesmo saco. Apesar dos anos de briga do Lula com eles, hoje ele está igual (talvez pior). Que doença contagiosa de alta infectividade é essa, a cpbiça, a ganância, o desrespeito, etc...
Abç