terça-feira, dezembro 18, 2007

A TÁTICA DA ESPERTEZA




O presidente Lula desautorizou o seu ministro da Fazenda, Guido Mantega, de especular a respeito de aumento de alíquotas nos tributos atuais ou, mesmo, criação de novos impostos de para cobrir o desfalque deixado pela finada CPMF. Teria o presidente tido um surto de lucidez e de bom senso? Que nada! Lula é muito mais esperto que seus áulicos. Ele sabe que sem a colaboração da oposição no Senado nada conseguirá daqui para frente. Nesta altura do campeonato, provocar mais uma briga com a oposição, que já deu a sua demonstração de força, é prejuízo na certa.

Um comentário:

GIL disse...

O Lula deveria deixar o Mantega como ministro, afinal ele não fede nem cheira, apenas fala pequenas bobagens. Para minorar isso, deveria nomear a filha do Mantega, a Marina Mantega, como porta voz do pai. Aí sim, as bobagens teriam um sabor especial. Como condição, todo comunicado Mantega teria que ser pela televisão. Como seria gostoso ouvir as bobagens do Mantega. Até a TV do Lula teria IBOPE.