segunda-feira, junho 04, 2007

PANIS ET CIRCENSES

PANIS ET CIRCENSES


Foto:Chávez e Fidel: o velho ditador cubano parece querer partir. Chávez se coloca como seu sucessor na liderança do atraso e do autoritarismo na AL
PANIS ET CIRCENSES

Não e sabe se o presidente Hugo Chávez , da Venezuela, tem oferecido pão suficiente aos milhões de pobres e miseráveis que habitam aquele país. Mas, circo ele certamente tem oferecido ao mundo. Por conta de sua política personalista e autoritária, adornada com as cores de um nacionalismo e um socialismo ultrapassados, e sustentada nos lucros da atividade petrolífera, Chávez tem a cada dia oferecido capítulos de um espetáculo cujo tema principal é o absoluto desprezo pela democracia.

O último destes espetáculos se refere à sua decisão de não renovar a licença da RCTV, a emissora mais popular do país, o que causou o seu fechamento. Acusou a emissora de “cúmplice dos interesses antinacionais”, por ter, segundo ele, apoiado o golpe de 2002 contra o seu governo, além de “violar as leis de transmissão e regularmente exibir programação com excessivo conteúdo violência e apelo sexual”.O chefe venezuelano, além de fechar o canal, já tem pronto para instalar o canal de televisão estatal que ocupará o lugar e as instalações da RCTV: a Televisão Venezuelana Social ( TEVES).

Desta forma, apesar da onda de protestos gerada pela sua decisão arbitrária, o ditador venezuelano deu mais um passo no sentido de eliminar do país todos os vestígios de democracia. Primeiro foi a reforma constitucional que lhe possibilitou o direito a sucessivos mandatos. Depois a completa submissão da justiça, do executivo e das entidades representativas à vontade do ditador. Agora, a castração da liberdade de imprensa e a implementação de uma poderosa rede de comunicação estatal.

De pouco tem adiantado os protestos da opinião pública de todo o mundo contra esta última decisão. Chávez age de uma forma messiânica e rechaça tais manifestações com um misto de ódio e desprezo, atribuindo-as a uma reação dos inimigos da pátria e do povo, meros serviçais da elite venezuelana e do imperialismo norte-americano. Até o Congresso brasileiro- vejam só! –, tão atribulado com os seus próprios escândalos internos, ganhou as manchetes internacionais quando, ao protestar contra o fechamento da RCTV, mereceu de Chávez uma resposta insolente, na qual ele colocava em dúvida a sua soberania, ao considera-lo um mero repetidor do discurso de Washington.A resposta de Lula ao ataque de Chávez foi, como sempre, tímida e frouxa :”Chávez cuida da Venezuela, eu cuido do Brasil, Bush cuida dos Estados |Unidos...”. Então ta..

O pior é que a ousadia do ditador venezuelano tem feito escola na América Latina. Na Bolívia, o seu pupilo predileto, Evo Moralez, está implementando o projeto de uma rede estatal de comunicação , composta de 25 rádios e um canal de TV comunitária , a ser inaugurada em 2008,em grande parte com financiamento venezuelano. No Equador, Rafael Correa já entrou em conflito aberto com a imprensa.Está processando, -“por injúria”-o jornal La Hora que tem criticado sistematicamente as suas decisões políticas, em especial a que trata de convocar um referendo sobre a Assembléia Constituinte.

Desta forma, o falastrão venezuelano dá prosseguimento ao seu propósito de ser o novo Fidel Castro da América Latina e fazer da Venezuela uma nova Cuba. Mais rica, é claro, por conta do petróleo.O perigo está em que toda esta pantomima se dissemine pelo continente, contaminando chefes de governo de outros países, como já acontece na Bolívia e no Equador. Neste sentido, o espetáculo circense de Chávez terá muito de trágico e pouco de cômico. Todos continuaremos a nos divertir muito mais com as estripulias do outro Chaves. O divertido e inofensivo mexicano dos programas infantis.
040607
------------------------------------
AMANTES E EMPREITEIRAS


Foto:O atribulado Renan, protagonista de um caso que envolve amante e empreiteira quer a solidariedade cúmplice de seus colegas. Afinal, quem no Senado não tem uma amante e uma empreiteira?


Tragicômica tem sido a atuação de parlamentares brasileiros no que se refere à investigação do presidente do Senado, Renan Calheiros. Como se sabe, Renan está mergulhado até o pescoço num caso que envolve empreiteira e amante. Numa tentativa de escapar ileso, ele tenta, em sua defesa, superdimensionar o lado passional da história – a sua relação extra-conjugal com a jornalista Mônica Veloso que lhe gerou uma filha – para esconder a sua relação pouco republicana com a construtora Mendes Júnior, que lhe cobriria despesas pessoais, em troca não se sabe de quê.

Senadores e deputados, com pouquíssimas exceções, não conseguem esconder que tentam fazer de tudo para que as investigações não evoluam. Consideram desnecessária a instalação de uma CPI, e na corregedoria e no Conselho de Ética tudo caminha para a absolvição de Calheiros, sem muitas delongas.

Calheiros, político influente e muito bem informado do que se passa ao seu redor – ao contrário de Lula, que nada vê e nada sabe –, já deixou implícita uma ameaça de que não irá sozinho para o cadafalso. Ele, mais do que ninguém, sabe que não está sozinho nesta história de empreiteiras e amantes. Pode ser que a mistura explosiva de empreiteira e amante num mesmo caso seja uma exclusividade sua.Mas, quem duvida que a maioria dos senadores e deputados tenha, pelo menos, uma amante e uma empreiteira? As amantes podem lhes trazer problemas sérios em família, assim como as empreiteiras podem lhes trazer sérios problemas políticos. Sendo assim, o silêncio cúmplice e a absolvição de Calheiros, imaginam, é o melhor que eles podem fazer por eles próprios.Afinal, o cinismo e a dissimulação são importantes traços de nossa política.
040507

7 comentários:

nidia disse...

Fernando, Chávez já mostrou a que veio, já definiu o seu papel e sabe que será criticado por meio mundo e para ele se manter forte, adota uma postura de chutar a b. de quem o critica, seja quem for. Então, qualquer estadista tem que pensar duas vezes antes de se meter com ele.
Por outro lado os congressistas brasileiros perderam totalmente a crítica e o bom senso. Nessa podridão em que estão enlameados até o pescoço, que moral eles pensam ter pra criticar uma atitude do chefe de estado de onde quer que seja? Soa ridículo e o resultado é vergonhoso e humilhante para nós os brasileiros. Perderam uma ótima oportunidade de ficarem calados.

reinaldo disse...

Fernando Isto é briga de subdesenvolvido.É o roto contra o esfarrapado.Chavez ,Lula e o Congresso brasileiro são farinha podre do mesmo saco, e nisto o comentário de Nidia está correto.Chavez vai afundar a Venezuela. O Congresso tupiniquim precisa de fazer a sua propria limpeza primeiro, antes de se preocupar com Chavez. Fernando tem razão: amantes e empreiteiras prenchem a vida de nossos nobres parlamentares. Com relação às amantes nada temos a ver.É problema da esposa e da família de cada um deles. Temos a ver com o dinheiro público desviado para financiar esta corrupção como ficou demonstrado com a operação navalha...E Lula com tudo isto? Seria supresa se ele defendesse o Congresso enfrentando Chavez. Este Congresso que aliás é indefensável.Lula faz o seu papel esperto de idiota nos momentos que lhe interessa

Anônimo disse...

Gostaria de fazer só umas pertuntinhas. QUE MORAL TEM O CONGRESSO BRASILEIRO PRA FALAR MAL DE QUEM QUER QUE SEJA? SER DITADOR É PIOR QUE SER CORRUPTO E LADRÃO? FECHAR REDE DE TELEVISÃO É PIOR QUE USURPAR DINHEIRO DE ESCOLA E HOSPITAL PRA LEVAR OS FILHOS PRA MIAMI? QUEM, ME DIZ, QUEM, NO CONGRESSO BRASILEIRO, ESTÁ COM AS MÃOS LIMPAS? PELO AMOR DE DEUS, É O ROTO FALANDO MAL DO ESFARRAPADO!!!!!! ARRUMA UM ESPELHO AI, SENHORES SENADORES. NINGUEM MAIS ACREDITA EM VCS! TODO MUNDO SABE QUE NO BRASIL POLÍTICO E LADRÃO SÃO PALAVRAS SINÔNIMAS. AAAFFFFF.

choro de tucano disse...

Alô tucanos tristes...!Os líderes da oposição estão confirmando o que Chávez disse. Se não aprovarem a participação da Venezuela no Mercosul, estarão agindo a favor dos interesses americanos. Mas isto faz parte do programa de governo do PSDB pois sempre criticam a diminuição da dependência brasileira de exportações para os Estados Unidos. FHC tentou, de todas as maneiras, enterrar o Mercosul que foi salvo por Lula.

Rebeca disse...

É Fernando e pessoal,
Lula, Chávez, Morales são cópias mal feitas e mal acabadas de Fidel. Estamos vendo no que dá ser cópia ruim..... E nosso congresso com nossos políticos, como já fora dito, não têm moral para alfinetar ninguém. Tem mais é que cuidar da nossa casa e resolver as questões e deveres nossos, sem nos roubar mais, serem mais honestos. Se conseguirem isto, está ótimo.
Lula deveria se espalhar nos presidentes de outros países da América e procurar fazer o melhor governo para a sociedade. Um governo mais justo, sem corrupção, com aplicação dos impostos pagos de uma forma que todos possam se beneficiar.....
Quanto ao caso Renan, além de dinheiro público( isto é muito importante mesmo), claro que a questão da amante é também tão importante. É a desmoralização da família. É a banalização da falta de respeito, lealdade, fidelidade no âmbito familiar. E família destruída = filhos desestruturados = sociedade falida. Tudo isto aliado a falta de educação = situação atual do Brasil. Um caos absoluto. A falta de respeito em efeito cascata. E os políticos adoram este quadro e abusam mesmo. E nós contribuímos para isto.

cassio disse...

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, agradeceu nesta quarta-feira as declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que afirmou, em entrevista à BBC, que o presidente venezuelano era seu "parceiro" e não um "perigo". Chávez também elogiou o chanceler Celso Amorim e agradeceu ao apoio do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Movimento Sem-Terra (MST). "Quero agradecer as declarações do presidente Lula. Tentaram tergiversar o que ele disse mas não conseguiram. Brasil e Venezuela são países amigos e seguirão juntos", disse Chávez, durante entrevista coletiva com a imprensa estrangeira realizada no Palácio Miraflores. São todos parceiros no Foro de São Paulo, portanto, nem se poderia esperar nada diferente. Contudo, só o fato do microcéfalo venezuelano transitar tão bem em um movimento que nem sequer existência legal tem, como é o caso do MST, mostra claramente que um democrata ele não é, mesmo que zurrem o contrário os xiitas e os sunitas do PT!

Anônimo disse...

o colega está sem assunto para escrever? aí vão algumas dicas: 1 - Tente descobrir que fim levou Bim Ladem; 2 - Vá tomar um café da manhã com um homem-bomba; 3 - passe um mês na antártica com os cientistas para analisar as consequências do aquecimento global; 4 - Ou escreva as falas de Artur Virgílio na tribuna do Senado, mostrando a sua verdadeira função: publicador da campanha negativista e de desvalorização da política praticada pelo atual governo.