quarta-feira, junho 13, 2007

A CERTEZA DA IMPUNIDADE

Se o cidadão aos poucos vai perdendo a capacidade de se indignar diante deste quadro de roubalheira generalizada, o que dizer então de políticos e empresários envolvidos diretamente nesses escândalos? Eles que, de alguma forma, têm acesso aos recursos públicos, continuam a dançar conforme a música. Sabem que apesar de todo o alvoroço provocado pelas ações do MP, da PF, e pelo noticiário da mídia, estão protegidos por uma legislação feita sob medida para punir com severidade os pobres e tratar com benevolência aqueles que possuem uma robusta conta bancária.

A CERTEZA DA IMPUNIDADE

É curioso este país.O Congresso, nestes últimos tempos, mais tem se assemelhado a uma sala de delegacia de polícia em dia de muitas ocorrências do que a uma casa legislativa. Decorrente deste fato, a crônica política não tem sido muito diferente de uma crônica policial. Infelizmente. Seria melhor se ao invés de estarmos falando de corrupção, propinas, desvio de verbas e outras mazelas, estivéssemos discutindo projetos, planos de ação, e tratando das tão necessárias e urgentes reformas , numa tentativa de tirar o país da estagnação econômica e da degradação social: a reforma do Estado, nela incluída a reforma tributária, a reforma educacional, a reforma trabalhista e a reforma política. Mas assim não tem sido.

Tal como a violência nos grandes centros urbanos tem se espalhado de forma assustadora, a corrupção tem se reproduzido como um vírus e parece estar cada vez mais fora de controle. Omitir este fato nas crônicas políticas, como se estivéssemos num mundo de puros e idealistas, é de alguma forma estar conivente com o que ele tem de danoso. Por isto, somos praticamente forçados, mesmo contra a vontade, a voltar freqüentemente ao tema.

Por sinal, assunto é o que não falta. Semana após semana, dia após dia, os fatos se sucedem numa velocidade espantosa, fazendo com que o que até ontem era manchete de primeira página na imprensa, hoje tenha caído quase no esquecimento. As denúncias de que um irmão do presidente foi flagrado em pleno envolvimento com uma quadrilha que atua no ramo dos caça-níqueis quase fez cair no esquecimento uma denúncia muito mais grave - a que envolve parlamentares e empreiteiras, conforme revelado na denominada Operação Navalha da PF. Os fatos levantados pela PF, apesar de mostrarem apenas a ponta do iceberg, são mais contundentes, pois afetam o próprio Congresso como instituição, além de envolver uma soma ainda não avaliada, mas certamente fabulosa, de dinheiro público desviado.O caso está a merecer uma investigação muito mais consistente e profunda do que tem sido até agora.

O senador Renan Calheiros é o símbolo mais evidente neste processo promíscuo e imoral. . Até agora suas explicações , frontalmente contestadas por sua ex-amante Mônica Veloso, são um acinte a qualquer mortal que tenha um mínimo de inteligência. Mas parece terem convencido à maioria de seus colegas no Senado. É o que se deduz da pressa com que eles tratam de inocentar o político alagoano, e o medo que demonstram quanto a qualquer tentativa de aprofundamento do caso, em especial a instalação de uma CPI.Na Comissão de Ética, num arremedo de investigação, o relator do caso, Epitácio Cafeteira, julga“desnecessário” ouvir os depoimentos do senador acusado e de Mônica. Deve ter o dom da onisciência.

É fato reconhecido de que são promíscuas as relações entre empresas que prestam serviços ao governo e parlamentares. O que acontece nos bastidores todos comentam, mas ninguém assume.O fato é que obras públicas, que passam pelo crivo de parlamentares principalmente na elaboração do orçamento, são, em regra, superfaturadas e o fruto deste superfaturamento repartido generosamente entre as partes envolvidas, ou seja, os donos das empreiteiras
e os políticos.

O senador Pedro Simon, ao final da “CPI dos Anões do Orçamento,” em 1993, já havia alertado para a atuação destes “empresários” e sugerido a instalação de outra CPI que, ao seu ver, complementaria e consolidaria o trabalho da anterior- a “CPI dos Corruptores”, segundo suas palavras. A CPI foi abortada no governo de Fernando Henrique pela maioria do Congresso.O senador gaúcho nos últimos anos ainda voltou a insistir, com uma certa dose de ingenuidade, na necessidade desta CPI. Em vão. Por motivos que vão se tornando cada vez mais óbvios,a poucos congressistas interessa mexer neste vespeiro .

Mas o perigo nesta sucessão de escândalos que assola o noticiário, está no fato de se tornarem tão repetitivos a ponto de fazer com que os cidadãos se tornem insensíveis e percam a capacidade de se indignar E é o que já parece estar acontecendo. O fato é que a corrupção é o pior câncer que pode ocorrer no tecido político e social de um país. Ela desvia recursos que deveriam estar aplicados em serviços e obras públicas e afeta principalmente o cidadão pobre, carente de hospitais e postos de saúde, escolas, saneamento, segurança e transporte.Como resultado direto, portanto, a corrupção produz o aumento da pobreza e das desigualdades sociais.

Mas se o cidadão comum aos poucos vai perdendo a capacidade de se indignar diante deste quadro de roubalheira generalizada, o que dizer então de políticos e empresários envolvidos diretamente nesses escândalos? Eles que, de alguma forma, têm acesso aos recursos públicos, continuam a dançar conforme a música. Sabem que apesar de todo o alvoroço provocado pelas ações do MP, da PF, e pelo noticiário da mídia, estão protegidos por uma legislação feita sob medida para punir com severidade os pobres e tratar com benevolência aqueles que possuem uma robusta conta bancária.Um bom time de advogados, treinados a usar em favor de seus clientes as brechas, artifícios e recursos que a lei possibilita, se encarrega de levar a decisão final para as calendas gregas. A certeza da impunidade faz com que todos eles, apesar do estardalhaço provocado por cada denúncia , continuem, lépidos e fagueiros, a trilhar o caminho da corrupção.Infelizmente, no Brasil o crime ainda compensa.
130607

17 comentários:

rosena disse...

OLÁ Fernando é como vc diz, só se fala de corrupção neste país...tem outro jeito? Agora mais esta: o Cafeteira acaba de dar parecer a favor do arquivamento da denúncia contra Calheiros . Sem investigação? Como é isso possível? Também,cá pra nós,esperar o que de um sujeito com sobrenome Cafeteira,né?

totti disse...

Amigo...Este governo com 101 escândalos oficialmente contabilizados e catalogados, deve chegar aos 200 até o final... triste... pobre país É a famosa "Lei de Gerson" levar vantagem em tudo,não importa como. Virou banalidade,infelizmente.

Mara Povorosa disse...

Ô Zé-Povinho!!! Play attention!!! O que mais leio e escuto são protestos contra o Congresso.Falam até em fechar(!!!!) o Congresso.Entendam que um Congresso , mal ou bem funcionando, é muito melhor - mas muito mesmo - que Congresso nenhum. Percebam que nas Casas Legislativas há muitos parlamentares sérios - e são a maioria (mas não esperem encontrar essa afirmação na Imprensa, esta sim, muitas vezes, "tocada pelo vento" de interésses econômicos não declarados, nem declaráveis). Procurem selecionar e repudiar os maus Representantes, preservando e reconhecendo os bons. Fica feio esse negócio de generalizações profunda como um pires emborcado: "Todos são ladrões...todos são picaretas... todos são corruptos, safados e etecéteras" típicas da Patuléia de mente obscurecida e obscurantista. Nós - não podemos ser tão rasos. E não esqueçamos Todos: ELES NÃO ESTÃO LÁ PORQUE QUEREM; LÁ SE ENCONTRAM PORQUE NÓS OS ESCOLHEMOS. Sei que é difícil admitir isso, mas afinal, vocês nem lembram em quem votaram...Eu lembro.

nidia disse...

Mara querida. Em que país vc vive? Se vc está falando do Brasil então vc não conhece os "bastidores" da política. NÃO EXISTE POLÍTICO HONESTO. NÃO HÁ COMO. Em qualquer nivel e qualquer tipo de projeto público corre uma propinazinha. Abra os olhos. Ou talvez seja melhor fecha-los mesmo, como vc está fazendo e imaginar que as coisas são melhores do que parecem. Eu sou voto vencido. Nessa última eleição não votei em nenhum desses que estão aí. E aí dá muita raiva ter que engoli-los e também não me serve de consolo.
De qualquer forma, Fernando tudo o que está acontecendo, infelizmente vai ficar por isso mesmo e devemos nos preparar para o que virá. Não há mais nada o que se comentar diante dos acontecimentos e diante da mentalidade do brasileiro manco da cabeça.

rosena disse...

Alô mara Povorosa, ou será pavorosa?Vc não entrou no blog errado ?ou não leu o que está escrito. Alg aqui falou em fechar o Congresso? Tb acho que é melhor este congresso do que nenhum. Mas devemops ficar calados so porque o ze povinho não sabe votar?Vc não deve ter medo da crítica, a não ser que vc seja cumplice dos badidos de Brasilia.São mesmo safados , ladrões e etc.boas vindas ...

sandro disse...

Sempre ocorreu roubalheira no Brasil, isso não é de agora, mas a oposição ao governo quer deixar a entender que isso só está ocorendo agora, enquanto o brasileiro ficar só pensando nas novelas da globo e no programa do Faustão e do Gugu, etc. Vai ficar por isso mesmo, enquanto o valor roubado for maior que o valor devolvido -nada-, os políticos, empresários juízes, advogados corruptos vão continuar a roubar, Prender os ladrões não é a solução deveria ter uma lei, se esse ladrões fossem condenados, deveria se tirar todo dinheiro deles e dos familiares, colocalos para trabalhar em uma pedreira. Mas como nunca vão fazer está lei, fica a tentativa de falar com o Osama para ele largar um Avião no senado e no congresso. Quem sabe! tudo novo, vida nova e novos

Rebeca disse...

Olá Fernando,
Mais um artigo bem eloqüente, demonstrando o quadro triste dos políticos brasileiros e deixando um exemplo claro para as crianças e jovens deste país que o crime compensa mesmo. E como compensa!!!!!!!
Mas, deixo uma pergunta: por onde começar para reverter este quadro?
Acho difícil, não vejo perspectiva alguma.
Pq? Todos nós sabemos que a base estruturada de uma sociedade começa em ter um sistema educacional eficiente, de qualidade e base familiar. Estas duas instituições, infelizmente estão falidas. E pelo que vejo, as pessoas vão fazendo de conta que está tudo certo, tudo muito bem(mesmo estando tudo errado)....em casa, na escola dos filhos, no sistema de saúde...nos “n” casos de corrupção, e de uma forma passiva, submissa de não quererem ser incomodados e ter que dá um “basta” em tudo, assiste a tudo, atônicos e passivos.
Então, considero que nós, sociedade brasileira, também somos ou refletimos o retrato fiel de nossos políticos: somos corruptos passivos de não sermos capazes de reagir brutalmente(não com força física é claro), mas nas urnas. Ter consciência política, de cidadão e ter memória(para não repetir o mesmo erro). Fico muito triste, angustiada com este quadro.
E percebo que quando mais a sociedade é massacrada por altas taxas tributárias, escândalos, serviços públicos deficitários, mais dificulta a sobrevivência do ser humano.
Então, estamos numa selva selvagem tentando “apenas” sobreviver, nos defender de tudo que está aqui e aguardando, com resignação mais e mais, e mais outro, e mais outro caso absurdo de corrupção em todos os setores do governo. Só falta o Lula assumir a sua parte que o ciclo irá se cumprir.

Fernando Soares disse...

Olá amigos.Mara Povorosa atira certo no alvo errado. Concordo com muito do que disse,mas, como Rosena,acho que ela deve ter se enganado de blog. Tomou o blog errado. A crítica que fazemos a este Congresso e aos políticos em geral, a começar pelo sapo barbudo, é um saudável exercício de cidadania, sem o qual ficaremos definitivamente inertes. Queremos Congresso, sim, mas não ESTE |Congresso.Assim como queremos um Judiciário e um Executivo menos sujos.Que a Mara continue a se lembrar em quem votou, e espero que tenha tido o discernimento ou a sorte de ter votado corretamente...

Anônimo disse...

Todos os políticos são corruptos e ladrões.Se houver um que não seja é um milagre. Os três poderes do Brasil, são: PT - MST e PCC. Todos eles fazem partem deste governo corrupto e assassino. O pior facínora é o Lula, que tudo vê e tudo sabe, mas mente e diz de nada saber. A classe pobre e média, são na maioria uns passivos e otários, que ainda crê neste governo de marginais. O que mais o povo quer saber para mudar este sistema.

nidia disse...

Gente, confesso que ainda me surpreendo!!! Estou besta com o fato do caso Renan ser arquivado na comissão de ética do Senado sem ouvir sequer os envolvidos diretos e apenas, não por uma desculpa esfarrapada do próprio Renan, mas sim com a simples ameaça de que todos tem telhado de vidro.
Também a criação da CPI da Navalha caminha para o arquivamento...
Vcs percebem que a atitude dos políticos mudou?
Até ano passado, antes das eleições, eles ainda abriram CPIs e ficaram enrrolando alguns meses pra enganar o povo, até cassaram alguns políticos importantes, como disse o Lula, cortou a própria carne. Mas depois da catástrofe que foi essa eleição com o povo concordando com tudo que fizeram de errado, devolvendo a seus lugares a grande maioria dos politiqueiros que deveriam estar na cadeia, que comprovadamente são corruptos, fizeram nada mais que garantir a possibilidade da impunidade. Agora os políticos estão apostando que nós, povo brasileiro frouxo e alienado, continuemos a fingir que não aconteceu nada. Vcs percebem a diferença de atitude?
Eu continuo preocupada e me pergunto: o que virá?

cidadão indignado disse...

Engraçado, falar em desmoralização de alguma coisa nesse país é simplesmente "hilário".... Sobre o caso Renan,só mesmo a nossa mídia (parabéns ao pessoal da Globo) para levantar os dados, aliás que deveriam ter sido da atribuição do digníssimo senador Cafeteira, como responsável pela análise da documentação ! Que desmoralização ! Creio que não há mais o que o senador Calheiros explicar ou justificar, está tudo muito óbvio que o que ele apresentou é uma grande mentira ! Que vergonha, e pensar que praticamente todo o nosso Congresso quer inocentá-lo !!!Aliás, tentar provar que ele tinha recursos para ter pago o que pagou a sua ex-amante não constitui em nenhuma prova, e isso é "mesmo elementar meu caro Watson" ! Quero ver é ele provar que os recursos que chegaram as mãos da Moinica, tem saída de suas contas bancárias, nas mesmas datas ....Isso sim é a ÚNICA e REAL prova. Não é a toa que insitem em calar a nossa imprensa, como vem fazendo o Chavez !!!

rosena disse...

Gente ainda ha esperança. As novas denúncias contra Renan podem mudar os rumos das investigações. Ja tem senador mudnado de opinião. Vamos aguardar e torcer

Rebeca disse...

Hei Fernando, pessoal!!!!!!
A pizza já está pronta no forno e seu ingredientes, com certeza irá fazer o maior estrago na sociedade: está estragada e é indigesta. Renan Calheiros será absorvido e aplaudido por todos.
Estive pensando numa saída e só tive uma: colocar todos os políticos(senadores, deputados, assessores e afins), Lula e aliados, todos os membros dos poder judiciário e quem mais eu esqueci neste momento....dentro do palácio do planalto e.....fechar todas as saídas e.....buuuuummmmmm...explodir tudo. Uma vez, duas vezes para termos certeza de vez que nossa política/políticos será finalmente renovado. Este é o meu sonho, rsrsr.

Rogério -Campinas disse...

O Senado brasileiro trata os cidadãos brasileiros como palhaços. Os cidadãos brasileiros não são palhaços. Não. São muito mais do que isso. São palhaços acomodados. Não tiram a bunda da poltrona para nada. Chega de lamentações. Ou os cidadãos brasileiros de bem fazem algo ou não terão o direito de reclamar de nada. Quem vos escreve é um cidadão brasileiro...

Anônimo disse...

INACEITÁVEL!!! Olá amigos, estive vendo uma noticia que aponta os argentinos fazendo chacota de nós brasileiros em relação a covardia do presidente Lula. Visitem: http://www.santanafm.com.br/diario/noticias/03/chaves_debocha_governo_brasileiro.shtml Um forte abraço,

Anônimo disse...

Трогательная статья, как долго ожидать публикации нового материала и вообще стоит ожидать ?

Anônimo disse...

Eu Estou Decepcionado com os políticos em Geral,Pois Mesmo os Melhores não consenguem trabalhar pois são barrados pela corrupção e safadesa dos companheiros,E agora depois de Lula Pelo Governo que aceita os corruptos de braços abertos,Dizendo que a culpa é da imprenssa e da oposição..Haaa vão tomar vergonha na cara!