domingo, novembro 05, 2006

CHINA

Muito curiosa é a situação da China.Se de um lado consegue se modernizar e avançar no campo da tecnologia, da produção industrial e do comércio, por outro conserva um sistema político fechado, arcaico e totalitário.Se no campo da economia deu um chute nos dogmas econômicos comunistas, no campo da política mantém com mão de ferro a mesma estrutura burocratizada, herdada dos tempos do maoísmo.



Os bolsões de riqueza estão localizados nas grandes metrópoles e se comparam, pelo seu dinamismo, aos vizinhos Japão e Tigres Asiáticos Os bolsões de miséria se multiplicam no interior,onde persiste uma agricultura rudimentar, e se comparam ao que de mais atrasado existe no continente asiático.A elite dominante da China abriu espaços para a modernização do país como única forma de sua sobrevivência . Mas tal situação não pode persistir assim por muito tempo, pois os ares da modernização trazem consigo as propostas de liberdade e de democracia. Até quando a elite dirigente, herdeira do velho comunismo de Mao-Tsetung vai se sustentar no poder?

Nenhum comentário: